foto-de-exemplo-2Uma singela homenagem a cada pessoa que já se dispôs a ajudar um animal

“Amado protetor, um dia você me resgatou. Eu, um cachorro, um gato, coelho, cavalo. Minha espécie não importa, tampouco minha raça. Sou um animal e isso basta. O fato de me considerarem “irracional” torna tudo mais difícil. Meus direitos básicos não são respeitados. Não há órgãos competentes que me representam. E por essa razão, preciso tanto da sua preciosa ajuda. Sem você, quem pode olhar por mim? Sim, você, que já foi tachado de “louco” pela família e amigos. Afinal, que tipo de pessoa normal dedicaria tanto tempo e dinheiro ajudando um animal que nada pode oferecer em troca, além de amor? Você que já fez dívidas para custear meu tratamento. Você que já se ausentou do trabalho ou da vida social para cuidar de mim. Você que já aguentou, até mesmo, minha hostilidade e medo para conquistar minha confiança. Você que não se fez indiferente ao meu sofrimento. Você que não inventou desculpas, mas arrumou soluções. Saiba que tudo mudou no dia em que você, protetor, me ajudou. Não sou mais um animal indefeso, sou uma alma compreendida. Pela primeira vez soube o que é um afago verdadeiro, pela primeira vez você olhou diretamente em meus olhos e me retirou da invisibilidade. Ah, se você soubesse a importância de seu gesto! Mesmo com a conta bancária negativa ao final do mês, mesmo com todos os objetos que eu possa ter destruído de sua casa, mesmo com o trabalho que eu sei que dou e as responsabilidades que fiz você assumir, pense bem, você foi o responsável por salvar uma vida! Eu estava sujeito a dor, a fome, ao frio, ao abandono, a solidão, a maldade alheia e a toda forma de sofrimento físico e psicológico. Por que tantos souberam do meu abandono e em nada se comoveram, enquanto para você, bastou uma informação, para que se mobilizasse para me ajudar? Porque você é especial, você é único! Ninguém poderia estar naquele espaço/tempo e fazer o mesmo que você fez. Por isso te digo, amado protetor, por mais que a luta pareça (e seja!) árdua, não desista de fazer o bem a nós. Foi por você, e só por você, que estou aqui hoje. Sim, você vai ser julgado por muitas pessoas, por ajudar animais em vez de humanos. “Que absurdo, salvar gatos e cachorros com tantas pessoas precisando de ajuda!”, eles dirão. Sim, você vai receber pedidos de ajuda via Facebook ou WhatsApp, de pessoas que não podem sequer levantar a bunda da cadeira e fazer algo. As pessoas vão se achar no direito de abandonar animais em sua rua ou seu quintal, como se você fosse uma ONG ou ganhasse dinheiro para salvar animais. Irão te ridicularizar quando souberem que você chama seu cachorro de “filho” ou permite que seu gato durma em sua cama. Nessas horas, meu anjo protetor, lembre-se de uma coisa: eu estou vivo e isso basta. Durma com a consciência tranquila, sabendo que fez o melhor que pode para me ajudar. Para mim, não importa se você é rico, popular, atleta ou famoso. Você deixou sua marca no mundo e seu legado será lembrado por todos aqueles que conheceram a maravilhosa alma que você é. Muitos sonham em mudar o mundo, mas eu te digo: você já mudou.

“Daquele que nunca irá te esquecer, seu resgatado”

Por: Ana Carolina Branco

foto-de-exemplo-3

 

 

 

Essa matéria se encontra na última edição Opaua. Na banca mais próxima!!